tranx

tumblr_nktlgeAzO21s8as3do1_1280

“Se quiser que seus filhos sejam brilhantes, leia contos de fadas para eles. Se quiser que sejam mais brilhantes, leia ainda mais contos de fadas”. (Albert Einstein)

Como faço duas vezes por semana, fui à biblioteca do SESC. Dessa vez, nesta terça, hoje. A vida é hoje. A luta é  hoje. Hoje pela manhã, desci para ter o prazer que dura o mês inteiro de me encontrar com a Marie Claire Brasil junina. Coloquei uma camisa rosa Zara, um tricô berinjela bem forte de uma marca nacional. O jeans também era, ZD. A aliança prateada, um anel de asas de bronze coisa mais linda, meus cremes, meus hidratantes, meu corpo, minhas regras, base com protetor solar fator 30 da Natura, a maquiagem bem leve, uma bolsa francesa no truque, um casaquinho xadrez de um brechó mineirim inesquecível. Agradeci à Deus e desci. Desci bem feliz.  Desci com  aquela alegria feminina para rebolar. Na minha cabeça, na minha cabeça femininista, cabeça Simone, cabeça Clarice, cabeça poética, cabeça sintética, cabeça trans, cabeça ao contrário da opinião vulgar, não sei. Dona Jaguatirica, por favor, alguém defina minha cabeça… Na minha mente, no meu mundo particular, eu sou rainha. Na rua, gritaram-me bicha.

Meu irmão tratava-me carinhosamente em latim. Ele nunca se importou se eu era menino ou menina. E eu tomava café com ele na varanda na companhia dos primeiros raios solares da Vila Isabel. A única pergunta que ele me fazia era: O que foi o final de Lost? Alguém decifra aquele final? OK. Duas perguntas. Quem se importa? Para meu irmão mais velho, eu era a rainha da vida dele. E na rua, gritaram-me bicha.

Deus me disse uma vez. E pediu pessoalmente. Era um pedido especial. Nós somos meio que melhores amigos. Deus disse: Eu te darei o corpo para que você caiba em qualquer vestido de gala. Esteja preparada para o que vier. A única lei: Ame seu semelhante. Na saúde e na doença, orgulhe-se da sua família; Na depressão e na alegria, tenha seus amigos por perto; no banquete e com fome, ajude a sua mãe a carregar as compras; Nos dias de sol e nas noites estreladas, pratique uma atividade física; No futuro e nos dias de hoje, cuide bem da sua pele; Na tolerância e no racismo, cuidado com a Cuca; No femininismo e no tapa na cara, espalhe a magia.

Ilumine alguém. Ame minha filha, ame. Deus disse para eu não me esquecer de quem eu sou: Rainha da Morada do Sol. E na rua, gritaram-me bicha.

Deus disse nas páginas da Marie Claire: Supere o deboche e viva com leveza. Essa é a mágica. E na rua, gritaram-me bicha.

Porque o amor é a razão mais bonita da vida.

foto: Stay Alive

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s