Liberdade ainda que caipirinha

tumblr_oi5dkom6OC1qad56lo1_500

“Quem encontrar na vida o verdadeiro amor, deve escondê-lo, longe do mundo, como um tesouro”. (Júlio Dantas)

Apostar numa fruta que não se vê por aqui e trocar a rotina de fofocas e rugas por um personal beauty que tope botar os sapatos na estrada e ame esse sol amarelo. E nosso lugar sagrado em Minas.

E essa alma hippie que tem mania de viver cercado pela natureza e grãos de bico assados no lugar de salgadinhos. Água mineral, protetor, proteção! Meu patuá, amor de mãe, beijo de bom dia, carinho de amigos e mirra. Você sabe que não é preciso muito para ser feliz. E essa manhã, chuvinha boa e café do bule. E nosso lugar secreto em Minas.

E eu gosto de ouvir o barulho da cachoeira e não conselhos desastrosos de pessoas envelhecidas.  E, meu companheiro de longa data, deve-se ficar ao lado de quem torce pelas coisas boas que você acredita. De quem te faz sorrir, quem te chama para dançar e de quem depois de te ouvir, depois de insistir que tudo é passageiro nessa vida… Respira! A tristeza deixei para ontem. Arrependimento, cansaço, medo e fome me esqueceram. Acordei com fogo no rabo, um chupão no pescoço e nosso lugar sapeca em Minas.

foto: Bruna Tenório

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s