Fode que passa

flickr bornforit

Chateado é o caralho. Foda-se. Me chama de cachorra. Fala mal do meu cabelo e da minha maquiagem. Coloca para fora o seu recalque. Toda a sua raiva. Tá duro? Eu chupo. Qual é? Não estou aqui para sofrer por pouca merda. Estou mais interessado na próxima edição fashion week. E daí se sua mãe te acha um perdedor? E daí se o seu patrão te despreza? Bota para fuder. Não foi você quem disse que era o fodão? Olha meu amor, nem sempre é fácil, mas não é ruim chegar por último. Vencer não quer dizer chegar. E amanhã tem dia de sol. E você cinco e quinze indo trabalhar. Como é carro a passagem, caro amigo. É a decisão mais difícil da vida. Você prefere os que te respeitam ou os que se foram? É melhor o amor ou a indiferença? Pergunta crucial do Maquiavel. Quer ser rei coração, decida-se. Desce mesmo, porra.  Cai no chão, se precisar. Chegue ao fundo do poço. Eu sofri, eu chorei, eu aprendi aos suicídios. E enjoei. Não quero mais. Decepção. Reclamação. Emburrei. Imputei. Empubesci.  Fiquei loiro. Ganhei até gorjeta. Errei tanto que aprendi. High fashion demais para entender.  E essa roupa não combina.

Está se sentindo frustrado? Está angustiado? Dá uma geral no seu guarda-roupa. Faxina seu quarto. Faxina sua vida. Respira fundo. E pare de alimentar gente que te destrói. Para de alimentar sua kriptonita. Saiba que meu rebolado tem pelo menos sete anos de sapateado. Meu mundo não tem lixo no chão. As pessoas dizem bom dia. E minha dor recita mantras.

Fui! Tchau. Até logo. Fui para pista.  Fui #tendência. Bati uma palma. Gargalhei. Zoei. Não como os outros. Pelo os outros. Liderei. Amei dessa vez. Se a oposição vier. Ame de uma maneira que ela se afaste. Gente boa anda com gente brava. Gente que tem arte. Tem coração. Gente que até luta para ter amor. Gente: eu e você. Gente como nós. Gente que toma no cu e cospe na cara. Eu não reclamo. Falo que tá doendo. Falo para ir mais devagar ou gozar logo. Porque eu tenho compromisso. E esse perfume é Chanel para suas mentiras .Tá por fora.

Sim. Eu te perdi. Você disse. Eu sou um loser.  Eu sou uma lesma. Perdi sua velocidade. Seu cu pegando fogo. Perdi pelas marcas que você me deixou. Pela vontade de te ligar, te gritar, pela vontade de te aplaudir. Pela vontade de te dizer as palavras mágicas. E eu disse. Livrai-me de todo mal. Faz de mim teu instrumento. Dá-me o trabalho de te amar, menos sofrer. Quando se ama, sofre-se menos.  E eu te amo tanto que amar-te agora é coleção.  Ou o amanhã? Nunca se sabe. Tu és a minha peça chave. E minha cafonice. Minha Brand nem Day. Meu estigma.  Minha marca registrada. Meu amuleto. Minha ferradura. E a sua roupa misturada com a minha é a coisa mais linda. De outro mundo.

 Foto: #flickr #bornforit

Anúncios

6 comentários sobre “Fode que passa”

  1. Amei com todas as minhas forças esse texto. Ele se encaixou perfeitamente no que sinto.
    Sabe quando você acha que poderia ter escrito algo que alguém escreveu?
    Demais mesmo.
    Jah ateh mandei pro cara e ele me respondeu com um sorrisinho sonso de analfabeto funcional do programa de aceleração do governo federal. Sabe, gente que expressa pouco o que sente e quando lê algo sente ainda menos.
    Quero casar com o autor, se for pra ter amor, que seja com alguém que saiba dar uma conclusão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s