o amor me fudeu

 

 

tumblr_m06wm6ihqF1r49yqoo1_500

 “É preciso sofrer depois de ter sofrido, e amar, e mais amar, depois de ter amado”. (Guimarães Rosa)

“Só conhecemos aqueles que nos fazem sofrer”. (Johann Goethe)

Qual vai ser? É para chupar ou para lamber? Totalmente apaixonada. Que merda.  E eu cada vez mais brava. Ganhei até diploma. E o povo na mão do palhaço. Eu no colo fazendo o circo pegar fogo. Deixe-me ser puta. Me deixa! Tô cobrando nada.

E ele disse: Você hein riqueza… Depois de ter você, esqueci o que é ter insônia. Esqueci o que é ter problema.

Eu disse olhando nos olhos: Cuidado. Eu sou cara. Sou artigo de luxo. Sou peça rara. Valho um preço que nem existe.

Ele: Gosto cada vez mais de você, sabia?

Eu: Ah! Se gostasse mesmo me daria uma cerveja. E ajeitei o cabelo. Mordi os lábios. Pisquei.

Pede o que você quiser. Pede o bar todo. Quer o bar? Quer o mundo?

Quero beber uma cerveja. Quero beber com você. E ele pediu uma Brahma. Litrão porque eu não sou mulher para pouca cerveja. Gosto de tudo que é grande. Gosto muito de você. Será que eu disse ontem que te amava? Foda-se o passado. A vida é hoje. E eu te amo. Sim. Eu te amo. Mesmo você reclamando. Você me inspira. Você me dá força. Você me poupa de apertar o gatilho.  Você me livra de dizer tchau mundo cruel estou indo embora. Você é lindo. Você leonino. Você meu leãozinho. Meu leãozão! Por que tudo é beleza de novo? Por quê? Por quê? Por quê?

Quero viajar. Quero outro planeta. Quero um lugar onde impere o respeito. Quero um espaço que eu não seja uma macaca aos olhos dos outros. Você é lindo. Perfeição! Você é o Deus Negro. Você é o motivo da terra rodopiar pelo universo. Você faz o Sol gargalhar todos os dias. Você é a razão de o ódio parecer tão fora de moda. Odiar ser cafona. Você é o rei dessa merda toda. E eu sou sua rainha. Mais respeito comigo, por favor. Eu sou feita da paixão. E a minha palavra é a lei. Ouça bem. Eu digo a verdade. Eu digo a verdade absoluta. Por você, eu declaro a paz. O dia que você nasceu os anjos disseram amém.

E eu brindei com você. E te comi com os olhos. Bebi. Devorei. Abracei-te e senti seu pau ficando duro. Tanto tempo e seu pau ainda fica duro quando eu me aproximo de você. Quero ser piranha. Quero dar para todo mundo desse botequim de quinta. Quero chupar todos os paus dessa Vila Isabel. Quero gozar com o primeiro negão que assobiar para mim na Rua Direita. Mas meu amor por você… Mas meu amor por você faz com eu me sinta virgem.

E o smart phone pensou: Sorte mesmo tem os humanos. Os humanos sofrem de verdade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s