Tentação

cake-chocolate-delicious-Favim.com-533676

 “Não há outro jeito de livrar-se de uma tentação a não ser sucumbindo a ela. Se você resistir, a sua alma adoecerá desejando aquelas coisas que lhe foram recusadas”. (Oscar Wilde)

“O problema de resistir a uma tentação é que você pode não ter uma segunda oportunidade”. (Laurence Peter)

Um final de semana de prazer. E eu cheguei ao hotel chapado cantando música brega. Não conto qual. Pedi que alguém levasse cerveja para o meu quarto. O povo me olhando assustado. Onde você estava esse tempo todo? Perguntaram. Eu disse afetado: Tava por aí, coração.  E preciso de uma bebida. Urgente!

A camareira me olhou com olhos clínicos de mulher bem vivida e disse baixo para alguém que também trabalhava lá: Esse menino está apaixonado.

E eu já te contei né? Que ele me ligou. Antes de o sol surgir. E eu só coloquei uma bermuda, chinelos e um colar. Camisinhas no bolso. E péssimas intenções na cabeça. E desci a caminho da praia assobiando. Para encontrar com ele. No mesmo lugar. Peraí cadê minha cerveja?

E ele estava lá. Encostado nas pedras. Admirando o mar com um cigarro na mão. Sunga vermelha. Negão de sunga vermelha. Viu-me e sorriu apagando o cigarro. O maior espetáculo da terra: Negão de sunga vermelha. Vermelho é a cor que incita a fome. É a cor da liderança, da força física, da ousadia, da coragem e da paixão. As noivas orientais usavam vermelho em garantia de vida longa no matrimônio.

Vermelho: Calor, paixão, vida longa, força corporal, coragem, amor físico, entusiasmo, triunfo, trabalho, dinheiro, comando, sucesso, iluminação, luxúria, paixões violentas. Perigo! É a cor do desejo na moda. Os vestidos do Valentino. Cura até depressão.

E ele chegou bem perto para me dá um beijo na boca. E eu desviei o rosto. E o beijo atingiu minha bochecha. Mas ele ousado… Adoro homem ousado. Mordeu minha orelha. E me abraçou com direito a uma passada de mão na minha bunda magra. E apertou com afinco. Filho da puta. E disse: Não dormi até agora pensando em você. Pensando na nossa noite que passamos juntos. Trouxe até um vinho especial e um fino.

Eu disse: Tava dormindo já. Dormi super bem. Minha primeira mentira. E a lua linda antes do amanhecer naquela praia deserta. Só pela metade. E o barulho do mar e o vento. A natureza chamando para a realização dos nossos desejos mais urgentes. E eu me sentei na areia fofa da praia mais bonita do mundo. E ele me serviu vinho. Vinho bom numa taça vulgar de loja de comércio popular. Depois se sentou ao meu lado. Bem junto de mim.  Com outra taça. E sempre sorrindo. Sempre sorrindo. Dentes brancos. Brindamos. Ele falou: Um brinde à loucura. E bebemos. Depois ele apertou um com uma seda ecológica. E apertou minha perna também. E encheu de novo meu copo. E falava maliciosamente bem perto do meu rosto o meu nome antes de dizer qualquer coisa.

Isqueiro. Puf. Fogo na bomba. Fumou. Fumou. E me passou o remédio para neurose. E eu traguei olhando para o céu que nessa hora quase amanhecia. E ele falava e falava cada vez mais perto. Cada vez mais próximo da minha boca. Como se quisesse me morder. Joga para mente. Joga para mente. Faz sua cabeça. E completava minha taça com o vinho.  O que ele queria afinal?

E depois eu soltei que estava magoado.  Que tava precisando mesmo viajar. Você acredita que meu namorado ameaçou terminar comigo pelo Facebook? Ou foi isso que eu pensei. Meu namorado escreveu: “Desculpe, mas não está mais havendo interesse em uma relação; Mas sim em um algo de internet que eu não quero mais para a minha vida, Artur”. E eu me assustei, sabe? E traguei o bagulho e… Minha internet uma merda. E a gente longe. Eu no Rio, meu amor em São Paulo. Ele escrevendo: “O que eu quero, Artur. Quero um homem do meu lado, mas isso está sendo difícil. Não temos mais os mesmos objetivos”.

E eu chorei. Bebi todas também. Tomei um porre por desgosto. O pior porre do mundo. E ele escrevendo para que eu não mais esperasse por ele. E que eu fosse feliz. Como assim terminar comigo por uma rede social?

E o garoto da sunga vermelha disse que os namoros distantes nunca dão certo. E que também já tentou namorar assim. Mas terminou. Nem o namoro de todo dia dá certo. Aí ele me provocou me passando o baseado: Você deve se agarrar com quem está do seu lado. E como um mestre de cerimônia de um baile funk completou: Foda-se o amor. Um brinde à putaria. Esse negócio de amar e não ser valorizado não tá com nada. A parada é dar uma gozada gostosa e sofrer menos.

Foto:  #cake #chocolate #delicious #favim

Anúncios

10 comentários sobre “Tentação”

  1. I simply want to tell you that I’m newbie to blogs and definitely enjoyed this web-site. Likely I’m planning to bookmark your blog post . You certainly have very good articles and reviews. Appreciate it for sharing with us your website.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s