liquidação

“A mulher é o negro do mundo. A mulher é a escrava dos escravos. Se ela tenta ser livre, tu dizes que ela não te ama. Se ela pensa, tu dizes que ela quer ser homem”. (John Lennon)

“Uma das grandes dificuldades da vida é adivinhar qual é o desejo de uma mulher”. (Italo Svevo)

Aí eu amanheci e era mulher. Não que tivesse preconceito. Aliás, é justamente isso. Beijei uma mulher essa madrugada. De novo. E nem estava apaixonada. Só se beija quando se está apaixonada? Fiquei com vontade. Ela disse que adorava beijar quando me conheceu. Eu estava adorando-a dançando com os homens vulgares da mesa ao lado. Homens. Que desastre são os homens. Raça que não deu certo. Mulher não. Por mulher a gente faz até poesia. Até adora a arte. Mulher é bom de conversar. Você diz para uma mulher que ontem você pensou de novo que seria melhor se matar. Mulher diz: Aceita uma tequila? Vamos fazer unha? Acho que você está precisando de um novo par de sapatos. Mulher olha dentro dos seus olhos.

Porque eu sumi. Sumi de tudo. Vida sem graça. O secretário de cultura vive me convidando para os espetáculos. Também todo o pessoal de teatro. De cinema. Da música. Da arte. E professores e jornalistas. Que também é uma forma de arte. Educar.

Eu digo. Bom dia. A notícia é ruim, mas eu digo bom dia. A mulher. Linda. Fabian disse. Fabian é um ótimo amigo. Ele foi numa entrevista de emprego. A psicóloga perguntou: Por que você se interessou pela empresa? Por que você quer trabalhar com a gente? Ele respondeu: Eu li que vocês têm política contra qualquer tipo de discriminação. Odiaria trabalhar numa empresa que não me respeitasse. A psicóloga ficou encantada com a resposta. Mudou até de assunto. Pensou na vida. Falou dos amigos dela. Aí ele disse para mim: Nem sei se falei demais. Ou não fui correto. Fui sincero. Se a porra da empresa me irritar, eu rapo fora. Eu respondi depois de pensar e ri. Ri bastante. Rapo fora eu disse. Por mim começava amanhã. Ele disse: Ué. Eu já cheguei à entrevista achando que já seria contratado. Seis concorrentes esperando. Tratei-os como se fossem colegas de trabalho. Eu perguntei. Lógico. Perguntei como se a empresa fosse minha. Capricórnio. Empregada? Jamais. Patroa, meu amor. Sou patroa. E meu ascendente é Áries. Dona de uma empresa moderna. Onze na numerologia.

Para trabalhar comigo tem que gostar tanto do trabalho que você nem é obrigado a ir. E vai. Todo dia. Sabe? Aquela parte boa do namoro? Que ela manda todo dia um SMS com uma música cafona. Mas você ouve a música? A parte que todo dia você está afim? A parte que você dá beijinho de bom dia antes do trabalho. E sabe a hora certa que ela vai te ligar. Telefone já está no campo de visão. Mulher adora telefone.

Coisas que mulher gosta: Dar a volta por cima. Se vingar. Mulher adora comprar briga. Quando ela olha para o seu decote, daquela forma elegante, fingindo que está admirando a blusa. As mais abusadas falam: Nossa! Que blusa linda. As mais abusadas ainda passam a mão no seu sutiã. Geralmente no banheiro. E retocam o batom. Símbolo de quem está a fim de beijar. Se passar o rímel: Quer falar mais a respeito. Conheço mulher e… Fabian disse que a minha melhor qualidade como profissional é conhecer gente que vale a pena convidar para uma festa. Você conhece muita gente que brilha, ele reforçou.

Aí ela deixou os homens. Beijou na minha boca. Sentou no meu colo. Beijou de novo. E disse: Beijei-te porque você é sexy. Culpa sua. E decidi que hoje você vai ser minha mulher. Quero nada com os homens.

foto: couple girl girls kiss favim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s