As 10 regras clássicas para ser feliz

1 – FAÇA O QUE VOCÊ GOSTA DE VERDADE Eu amo escrever. Amo de paixão. Eu gosto tanto de escrever que eu comento até as coisas que os idiotas publicam no Facebook. Quem lê esse blog e acha que o que eu amo muito os dundas, você não sabe de nada. Eu sonho com o que eu vou escrever. Eu fico lendo e já imagino qual será meu próximo texto. Eu amo um negão. Muito. Muito. Muito. Mas se eu pudesse passar o resto da vida fazendo uma única coisa, o paraíso para mim seria escrever. Escrever me salvou de muitos suicídios. Salvou-me da loucura. Escrever liberou minhas merdas. Ligou-me na filosofia do foda-se.

2 – SE APAIXONE POR UMA CAUSA NOBRE: Mas aí eu acordo e me sinto um inútil. Um nada. Escrever para que se ninguém mais lê nessa porra? E a vida não é bela. A gente tá vivendo numa Merd Époque. As pessoas só reclamam. E são tão chatas. E ninguém fode. Ninguém come. Porra! Abstinência é perversão. Dieta é perversão. Um fetiche que eu não entendo. Nós não somos salmão parar ficarmos meses sem comer na expectativa de dar uma rapidinha e depois morrer. Vamos comer, veado. Vamos comer pô. Para de ser passiva.

E eu disse isso pro meu namorado e ele pirou. Levou por lado pessoal. Falou que era muita maconha que ele fumava e broxava ele. Depois o maluco sou eu, né? Eu estou falando dessa salada de frutas com creme de leite que você não tocou. Sabe? Eu estou falando que você trabalha demais e come porcaria aos montes. Você trouxe biscoito recheado, biscoito presuntinho e Miojo de carne. Quer que eu te ensine o que é comer bem? Aí ele ficou excitado. Esses meninos de 26 anos só pensam nisso. Não sabem a diferença entre Saint Exupéry e Saint Laurent. Mas a posição 36 do Kama Sutra, eles são mestres.

Nesse mundo tem gente pensando num mundo menos poluído, tem gente cuidando de criança desnutrida, tem gente dedicando sua vida pelos animais abandonados. E eu cuidando do meu negão. Adotei. Nem lê ele sabe direito. Preciso ensinar. Por uma causa nobre.

 3 – DIGA PARA ALGUÉM QUE SÓ RECLAMA DE COMO A VIDA DELA DEVE SER ÓTIMA: E aquele padeiro super gato de ori já buzinou no cu da manhã e eu peguei um real para comprar alguns pãezinhos. Fila, fila. Esse povo adora açúcar. E pão doce. Aí a outra se jogou… Furou a fila e pediu o mesmo que eu. Um real de pão francês. Depois pediu desculpa pela deselegância. Eu, ops! Ninguém leu a Vogue UK de dezembro com a nossa piranha favorita na capa?O novo mantra é o celebrate. Só assim para você colocar uma roupa. Sair de casa para quê? Para comprar pão? Tudo delivery. Até maldade. Achei muito deselegante. Furar fila. Atropelar. Espera, gente! Espera. Sua hora vai chegar. Tudo tem sua hora certa. Inclusive a resposta.  O que eu posso fazer? Devolve o presente. Diga: Tudo bem querida. Você deve está atarefadíssima com o seu sucesso.

4 – RESPEITE OS MAIS VELHOS Sim. sim.sim. Eu adoro minha sogra. E gosto do Bezerra da Silva. Comprei para ela. A gente se acabou dançando “Minha sogra parece sapatão”. Que mulher maravilhosa. E você aí achando que sabe o que é viver, putz! Você precisa entender os clássicos. Os filósofos gregos nunca vão sair de moda. A democracia, a justiça, a honestidade, a norma culta. Falar bem nunca vai sair de moda. Eu disse: Tu és um banquete, mulher.

Ela disse: mas não se esqueça que essa história de amor platônico, de ficar só no blá, blá, blá. Uma hora tem que comer a sopa.

E eu ri e como me sacudia muito comendo feijão branco quando mudou a música.

6 – APRENDA A DANÇAR CONFORME A MÚSICA Dançar é uma ótima terapia. Além de te ajudar a fazer novos amigos, melhorar a comunicação e aumentar sua autoestima. E mais: dançar tonifica os músculos, isso quer dizer, faz com que a gente tenha as pernas da Sabrina Sato. Previne o envelhecimento precoce. Ops! Deixa mais jovem? E o melhor, dançar renova o tesão. Por isso os futuros casais dançam antes do primeiro beijo. Eles querem ficar para o resto da vida. E ele não sabe dançar. Ele não rebola bem. Ela não samba como eu sambo. Não tem arte naquele requebrado. Meu amor não pinta como eu pinto. Na pista de dança eu me acabo. Eu dou muita pinta. Tô Cruel mesmo. Tô com a Deborah Colker no corpo. Minha feiticeira. Você viu algum espetáculo dela? Putz! Seus bailarinos não tocam o chão. Eles sonham. E você tem ideia da dor que os bailarinos sentem nos pés?

Só se consegue a beleza através da dor. Nada vem de graça. Nem notícia ruim. E quando tudo dói, eu ouço música. E para não doer mais forte. Eu danço. Eu remixo. Eu faço a festa. Eu danço de novo ser precisar do bis.

7 – PRESERVE OS AMIGOS MAIS CHATOS Estava lendo Como irritar um Aquariano. E um dos tópicos pede pra que você diga que o aquariano é um chato. Mas eu acho que as pessoas têm que ser chatas. Esse é o segredo da amizade.
Nossa! Eu fiquei super empolgado com o dunda e um amigo. . Pois! Não vi nada demais. Você já viu a cor do céu hoje?
Respondi: Sim, olhei pro céu e ele está lindo. O céu por aí é tão azul anis como o daqui? Como você enxergar o céu?
Na lista de como irritar um capricorniano diz que você deve dizer que ele é um nada. E esse amigo atrevido nunca fez isso comigo. Ele sempre me lembrou de ser forte, de sonhar mais, escrever mais, ver mais filmes, dançar mais, fazer mais, meter mais as caras. Esse amigo é aquariano. Os aquarianos são chatos?Os aquarianos são chatos mesmo?Essa lista está errada.
Eu sou um capricorniano forte, diz o aquariano “chato”.
Devo ser mesmo, pois aquário prevê o futuro. Aquário está à frente do tempo. Aquarianos são nossos anjos. Quer dizer: Os amigos são nossos anjos. Mesmo nos paraísos da vida e a gente fudidão, essas porras tão com a gente. De todos os signos. Eu digo e repito. Tem amigos para tudo. De todos os signos. De todas as caras. Tem até amigo falso. Ué? Falsificam-se até uísque não iam falsificar a amizade?

Mas lembre-se: Amigos de verdade também dão defeito, precisam descansar no Marley Resort, Bahamas e também sonham. Respeite. Respeite. Porque vai ter um dia que você vai precisar. E ele lá na casa do caralho ocupado. Ele vai te atender mesmo se for para dizer pela milésima vez: Não. Você não é um idiota. Você é uma estrela. Agora cadê rabo de galo mexicano que você tanto falou que fazia bem? Bora trabalhar. Quero meu drink agora. Não seja chato.

 

8 – BEBA ÁGUA E eu acho uma falta de educação a pessoa beber e você só ficar olhando. Porra, eu já cansei de tomar porres com ele. Já cansei de vomitar junto. E agora que eu mudei de droga, vou ignorar um convite para tomar um oti? Cadê meu casaco de bicha? Aquele que eu fiz show de Drag Queen no bar gay da felicidade. Eu vou tomar três cervejas. Pode deixar, eu pago. E só. Sua presença é a onda que eu quero para mim, agora. Mas aí encontramos a monocó. Ela tinha uma história ótima. Ela tinha 20 reais. Ela queria pagar mais cerveja. Vamos pegar uma droga. E tchun, tchun. Onde vamos usar?

Apartamento da bicha. Preparou o babado. E eu pedi água. E eu curti água. Essa história de que os amigos te levam pro mau caminho é bobagem. Quem faz o caminho é você. Você é o protagonista dessa historia. Porra!  Para de mentir. Se você gosta de dar a bunda, não é porque você foi molestado na infância. É porque você gosta.

É um absurdo culpar os outros pelos seus problemas. Ou pelos seus prazeres condenáveis. Vai tomar no cu sem culpa. Usa KY, usa neutrox, usa óleo de amêndoa. Mas eu não sou de condenar. Não sou amigo da pedra. I AM not crack. Eu águo. 70% água. E é a coisa que me excita. A coisa que me agrada. Água. Dizem que tá acabando. Aproveite. Beba água.

9 – FALE MENOS Aí a monocó disse uma coisa que eu nunca vou esquecer. Resume-se assim: E se a resposta for duvidar do o que é ser feliz? E se a resposta for um talvez? Não vá ao seu psiquiatra para eles te entupirem de remédio. Acorda. De manhã, o sol tá te chamando para ser feliz. Não é o remédio. Não é a droga. Ele já diz. Você já viu o azul do céu? Sabe a temperatura da água do rio? Eu já sou tão incompleta para procurar ajuda. Às vezes quando tudo só dá certo na sua vida, só te faz mais cego. Às vezes você precisa cair. Levantar, sentar, cair, levantar, sentar, cair. É um ótimo exercício.

10 – DIVIRTA-SE COM AS CAGADAS DO SEU MAIOR INIMIGO: Não sei escrever livro de autoajuda querido amorzinho da livraria. Não sou exemplo de nada. Minha sogra parece sapatão, meu namorado é um negão pirocudo que adora ser passivo, meus amigos são drogados, meus amigos são heavy metal, eu ando com gente pirada. Eu vivo e morro. Morro e vivo. Do nada. Autoajuda é um pau no seu cu que você precisando. Gosta de mulher? É um vencedor? Você não é nada. As capas dos livros do Augusto Cury são horrorosas. E os títulos? Você é Insubstituível. Putz vai tomar no cu. Vai aprender a ler. Augusto Cury sofreu? Só porque outro babaca disse que ele nunca venderia livros. Porra! As pessoas são burras. Escrevem até errado. E para piorar você me perguntou o que é sodomia logo depois de me falar de sexo anal. De comer cu. Ai, cara. Garoto da livraria, eu te amo. Burro desse jeito eu te amo muito. Você tá lendo o blog errado.

Mas sim. Eu vou escrever um livro de autoajuda, mas o título pode ser “Enfiando No Seu Cu em 24 Vezes Da Forma Certa” Porque eu amo escrever, mas escrever sem amor, eu me recuso. As pessoas que leram até essa parte do texto amam. Amam de verdade. Essa é ajuda que te falta. Esse é o segredo. Fim da história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s