Eu gosto de ser mulher

Dormi cedo e acordei mais cedo ainda. Um milagre. E acabei assistindo aos primeiros jornais da TV aberta. Falavam de violência contra as mulheres. Depois assisti ao Bob Esponja na Nick. Nunca vi, vocês sabem. Juro por uma garrafa de Absolut. Mentira! Vejo sempre que posso. Adoro o Lula Molusco. Depois ouvi um pouco de música antes de o Fabian ligar me convidando para almoçar com ele. Eu sei que o reggae tem discurso homofóbico, mas eu estava ouvindo Big Mountain “Baby I Love Your Way”. Esta música é um chiclete.

Fabian então ligou, minha irmã subiu para me dar o recado. Abracei-a e felicitei-a pelo dia de hoje. Aí liguei para Cléo para dizer um oi, mas ninguém atendeu ao telefone. Tomei um banho, escovei os dentes, me arrumei e desci para o apartamento do Fabian. No caminho, encontrei o Gasparelly. Ele disse que o Pokémon esteve lá e que me procuraram, mas não me acharam para chapar um verme.

Chegando lá no apartamento, ele tinha cerveja. Abri uma para mim. Ontem tinha sido aniversário do Ramon. Ele disse. Chegou às cinco horas da manhã.

Vimos um jornal e depois assistimos ao Midnight in Paris do Woody Allen. Fiquei nas nuvens. Fotografia maravilhosa. Enquanto isso ele preparava aos poucos o almoço. Aí eu quis fumar um antes de almoçar. Fui atrás. Levei as chaves. Subi o morro e a minha fonte estava sem babi. Porém acendeu um da dele para gente fumar. Ele pegou o celular e ligou para alguém lá do alto do morro para me adiantar um para mim. Ele disse: o cara é meu cliente especial. Sede um para ele.

Tomei uma cerveja e fui com um garoto de 13 anos buscar. Lá no Fabian, fumei sozinho. Fabian, sei lá, estava de bode. Um ponto de interrogação. Fumei e achei o almoço fantástico. Aí ele colocou o Hugo para gente assistir. Achei uma merda. A Invenção de Hugo Cabret. Dirigido pelo Martin Scorsese. Mas o bigode do Sasha Baron Cohen é de deixar qualquer um de pau duro. Senti mais fome e repeti o prato.

Liguei para Cléo. Crédito do telefone acabou. E então ao final do filme, eu e Fabian descemos.

Passou um dunda. Eu olhei. E Fabian disse em resposta a minha indiscrição: você não pode ver dunda. Aí eu respondi. Eu sei, sou mulher.

Modelo: Jon Aka Technique. portfolio: http://www.modelmayhem.com/196557

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s