I was born this way

Não saio de casa sem camisinhas no bolso. Depois de Two and a half men no SBT desci para aliviar o calor e tomar umas cervejas. Perto do Walmir Peçanha, um cara num Fiat Uno buzinou. Era feitura na certa. Ele retornou com o carro e parou na minha frente.

Entra no carro. Ele disse. Vamos dar uma volta.

Vamos para onde? Perguntei. Eu queria achar um bar aberto. Alcóolatra.

Não precisa dizer muito. Ele perguntou se eu tinha camisinha. Sorte. Tinha três de morango.Voei na mala dele. Ele não demorou muito e voou na minha mala. E fomos para uma quebrada. Lá do outro lado do rio onde eu e Sato já fumamos várias vezes. Ele foi logo tirandoa roupa. Rocei meu pau duro na bunda preta e dura daquele quarentão.

Ele perguntou se eu me lembrava da última vez que a gente ficou. Lembra que eu te comi no Ponto Azul?

Eu: quá, quá, quá, quá, quá.

E começamos a sacanagem.

Depois no carro, ele quis marcar comigo um novo encontro hoje meia noite.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s