comédia da arte

Cozinha. Preparando uma sopa. Antes, com ******* botando o papo em dia. Ele, com taxa elevada de açúcar no sangue. Come muito doce. E é fanático por um biscoito de chocolate da Piraquê. Ele concluiu que a gente passa muito tempo dormindo. A gente deveria dormir menos e viver mais.

Espero que eu me lembre de tudo. Dos dias que eu sai de casa. Encontrei com ******* e recebi a vista de Selma e Fabian. Eles Estavam indo para a beira do rio e aproveitaram o caminho pra me chamar. Fomos. Fabian está de férias, aproveitou o descanso e foi à cidade maravilhosa trabalhar na feira do lavradinho. Do seu I.phone tirou fotos do Arpoador.

A vida é o maior barato. Um dia eu saio de casa e encontro com um monte de gente que eu adoro encontrar. ******* tinha maconha. O bom é que depois eu desceria até o mercado para comprar os vegetais para a sopa. Fui ao mercado inspirado.

A água do rio estava muito gelada. Quase que um exorcismo. Na volta a policia nos parou. Perguntou o que a gente estava fazendo na rua direita. Revistou a mochila do Fabian. Muito educadamente, o policial nos liberou. Paramos num bar para esperar a Selma. Ela tinha ficado na beira do rio porque fumava um com o Tereco.

Foi uma coincidência enorme. Jaciara estava lá e depois chegaram Gisele, uma amiga e dois mototaxistas que vieram, novidade, fumar um no intervalo do trabalho.

Antes de ir para casa, tomamos a saideira no bar da Rosa. Eu no refrigerante. Selma, Tereco, Fabian e eu numa mesa de tronco de árvore. Fui para casa bem cedo. Tomei meus comprimidos e ri bastante para a vida.

Anúncios

2 comentários sobre “comédia da arte”

  1. Gostei muito do texto, meu amor. Exprime bem estar e equilibrio. Faz-nos bem ler isso pq denota cenas de paraísos…digamos… artificiais: o rio, fuga do real, agua gelada, exorcismo, policia, fabian, amigos q se reunem pra celebrar um baseado… arrasou. Comedia da arte! Lembrei dos inesqueciveis passeios que faziamos ao rio, eu e vc. Essa sequencia textual abaixo é perfeita. Amei a metáfora de agua gelada com exorcismo…uau, vc está cada vez melhor, menino! Congratulations!

    “A água do rio estava muito gelada. Quase que um exorcismo. Na volta a policia nos parou. Perguntou o que a gente estava fazendo na rua direita. Revistou a mochila do Fabian. Muito educadamente, o policial nos liberou. Paramos num bar para esperar a Selma. Ela tinha ficado na beira do rio porque fumava um com o Tereco.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s