Lata dágua na cabeça

Música ajuda. Começa o ano e muitas mortes no sudeste. Aqui em Petrópolis e Teresópolis centenas de mortos. Aqui do lado da minha cidade. Colado com Três Rios. A cena que mais me chamou atenção. Rapaz perdeu 15 parentes.  O dolorido começar do zero. Assim como são as listas de resoluções de ano novo: fazer dieta, parar de fumar, arrumar um emprego melhor. É uma pena que precise morrer tanta gente todo ano. Por que será?

Anúncios

Um comentário sobre “Lata dágua na cabeça”

  1. Não quero mais ligar pra vc e ouvir que está deprimido numa cama. Ainda há um longo caminho. Pense nisso. Porra, eu luto pra caralho contra toda a indiferença. Contra a solidão, contra o preconceito. Imagina eu trabalhando num cargo feito pra imbecis. Mas tô forte! Vc não sabe o quanto isso dói. Nossa! E no final do dia, sobe um desejo rebelde que me ajuda a vencer os maiores desafios. Fico agressivo, sim. Tenho sangue quente. Garra e fome pra vencer tudo, nem que seja somente por um prato de comida do projeto fajuto do governo de São Paulo. Leu meu email? Leia, escrevi aquilo com todo carinho que sinto por vc. Se for preciso, vou te revigorar com minhas palavras todo santo dia até eu morrer porque eu te amo, meu amigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s