Solta os cachorros que eu mordo também

A nuvem parecia um senhor barbudo e de óculos. Ouvia meus bagaços arrumando o quarto quando o formato da nuvem me chamou atenção. Vai chover. Logo agora que eu recuperei minha vida social. Que chova à vontade.

Vaguinho quer que eu o visite para colocar a fofoca em dia. Marcão quer que eu jante com ele. Comida baiana. Fulute (ah, vocês logo, logo saberão quem é) quer marcar uma reunião na casa de Fabian para eu conhecê-lo melhor. No meu Orkut um convite para eu beijar muito na boca.

Ah! Na terça-feira mandei minha abstinência passear e fudi com um conhecido de infância. Um tesão antigo renovado.

Fiz uma divida com o tráfego e bebi menta com cachaça e gelo no Fabian. E tomei umas cervejas com Fabian e Pokémon.

Pokémon acredita que tem que prevalecer na vida o bem estar e o respeito. Acho a teoria dele fascinante. Au. Au.

Anúncios

Um comentário sobre “Solta os cachorros que eu mordo também”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s