Guardar nossas merdas nos deixa deprimidos

Caguei para caralho. Caguei muito. Essa semana, uma tristeza. Esperando outra resposta de um trabalho de arte. Tentando marcar uma reunião com o coreógrafo do show que farei o figurino em setembro. Queria conhecer os bailarinos. Tentando ainda fechar um trabalho de barman. Prisão de ventre e automaticamente depressão.

O telefone tocou na quinta-feira. Me chamaram para fumar um. Não fui. Romenigue e minha irmã fumando no comodo ao lado. Não fumei. Sexta, fabian me ligou. Private party no seu apartamento. Eu, Zaira, ele, MPB, ilegal high. Não compareci. Trancado no quarto. Uma bagunça meu quarto. Uma depressão. Lendo uma pilha de revistas antigas. Foquei em alguns artigos sobre o budismo. Adoro o budismo.

Impermanência, meditação, a procura pela felicidade. Na filosofia budista, não existe caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho. Por isso, não há arrependimento. Não há depressão. Quero ser budista.

Fiz um suco de manga com alface, pipoca. Suco de limão. Café pela manhã. Lavei roupa. Intestino funcionou. A tristeza deu sinal que iria vazar. Almoço arroz, feijão, abóbora e linguiça. Suco de laranja e agrião. Sesc. O Globo. Folha. Depressão foi embora. Casa. A merda também. Evacuei de quase entupir o vaso sanitário.

Miúda disse que tudo ia dar certo. Miúda é do candomblé. Eu tenho certeza que sim. Eu tenho certeza que ela está correta. Mas não no final. Agora. As coisas se acertam sempre. Todos os dias. Preste atenção: estamos caminhando em direção aos nossos desejos. Sofremos por isso. Lutamos por isso. É a nossa guerra. Sim, venceremos.

Caguei para caralho. Caguei muito. Esse negócio de guardar nossas merdas (tormentos, tristezas, angustias, bostas) nos deixa deprimidos. E eu nem comemorei. Miúda disse que eu ia aparecer um negão para mim naquela noite. Axé dundum, axé malão, ela falou. E ele veio e pediu para ficar comigo. Maravilhoso. Tudo deu certo. Adoro macumba. Adoro botar as merdas para fora também.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s