Zezinho o dono da galinha preta

senegalO que fazer com a fantasia do último carnaval?

Minha mãe recomendou que eu devolvesse à escola de samba, mas que antes falasse com o amigo que me doou a roupa. Liguei para ele. Telefone ocupado. Esperei. Li os jornais acumulados. Muitos compromissos na semana do carnaval.

Taroba, amigo e passista da nossa tricolorida, ganhou pela quinta vez o troféu de melhor passista. Seu sobrinho Frederico também faturou passista mirim. Boa. Perdemos por um décimo, mas o samba enredo, enredo e os sambas no pé são prêmios nossos. Alivio.

 

Acabando a festa de Momo, trabalho. Outro alivio. ONG, Folha Cultural e minha coluna no jornal sobre arte. As 1001 noites. Festa que eu produzo para uns amigos. Cleo querendo uma festa anos 60 e agora Isana um bagação com tema circense. Ah! Tenho até seis de abril para junta minhas coisas, meus projetos e sair dessa cidade. Ufa! Que folia!

 

Sato, 30 anos, quer um pouco de liberdade. Eu, 29 anos, um porto seguro.

 

Música da semana: The Wip. Trash.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s