A vida não é uma novela

Capitulo um

 

E o telefone tocou.

E aí, está lembrado de mim?

Oi?

Já se esqueceu de mim? É o Fernando quem está falando. Está lembrado de mim?

(Fernando? Que Fernando? Fernando Pessoa?).

Oi, Fernando (disse um oi longo enquanto puxava da memória quem era essa pessoa. Lembrei).

E aí, o que você vai fazer hoje?

Nada. Beber, eu acho.

Agora eu estou de moto. Eu queria te ver. Chego a Três Rios em 40 minutos.

Eu posso te esperar naquele ponto de ônibus perto do motel e depois a gente vem aqui para casa.

E o seu namorado?

(Namorado? Que namorado? Pensa rápido. Pensa rápido).

Ele foi pro Rio de Janeiro e só volta domingo.

(as mentiras que os homens contam para trepar)

Você liga para mim nove e meia. Pode ligar a cobrar que eu atendo. Nove e meia.

Ok. Nove e meia. Beijo.

Outro. Vou te esperar hein.

 

Tu, tu, tu, tu, tu.

 

(continua)

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s