puta:plano b

Ai eu falei: porra! Eu sou um bêbado, caralho!

Ele riu. Riu porque estava tomando água mineral e me achou verdadeiro.

Quer ir lá pra cima?

Eu não tinha pulseira VIP para subir. Falei: não tenho pulseira Very idiot person.

Ele: você é maluco, cara! Quer um drinque?

Um não. Quero dois. O meu e o seu.

Eu não bebo. Estou dirigindo.

Qua, qua, qua, qua, qua, qua, qua. Eu ri. Você obedece leis. Você é do Brasil?

E ele disse sei lá o que e “o que você faz da vida?”

Depende. Eu respondi.

Seu trabalho?

Voluntário? Eco-voluntário? Remunerado?

É.

As pessoas são extremamente monossilábicas.

Não sei.

Quer beber o que?

Vodka com suco de pêssego. E você vai beber o que?

Suco de pêssego sem a vodka.

Subimos. A gente subiu se olhando. Ele tava afim de mim e eu daquele negão.

Tava tocando um remix do Alex Gaudino. Entrei dançando. Ele olhando minha bunda. Troquei meu copo vazio por outro de… O que era aquilo?

Boate horrorosa. Pedi para ele pagar meu coquetel. Ele pagou. Me senti um idiota dançando. Adoro me sentir um idiota. Ele me olhando.

Dança, caralho! Eu falei.

Ele me beijou. Dançamos juntos. Esqueci onde deixei meu copo. Esqueci do meu copo.

Que bom.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s