Quando amares

Blaise Cendrars

 

Quando amares, vai-te embora

toma o trem, toma o avião

o auto, o vapor, dá o fora

pisa, rasga o coração.

 

Suspira, chora, aborrece-te

assobia, dança, embriaga-te

e se a morte um dia afaga-te

verás, teu amor esquece-te.

Um ano, um dia, uma hora…

Quando amares vai-te embora

sossega esse coração.

 

Quando amares vai-te embora

Por esse mundo de Deus.

Vai sem sentido, que agora

não saibam os passos teus

Onde conduzir-te. A esmo

sem hora, sem rumo, à toa

companheiro de ti mesmo

Verás que a vida ainda é boa

Vai, anda, parte, dá o fora,

quando amares vai-te embora

domina o teu coração.

 

Quando amares vai-te embora

Por esse mundo sem fim!

Faz como eu farei agora,

não volto mais, ai de mim!

 

Anúncios

Um comentário sobre “Quando amares”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s